domingo, 31 de agosto de 2008



(c) Guida Machado

"Os momentos são como as fotos, podem ser guardados mas não podem ser mudados". J.Heiderscheidt

sábado, 30 de agosto de 2008



(c) Guida Machado

"A fotografia enuncia o seu próprio relato, a sua própria entidade, e não está em vez de nada" Luís Carmelo

sexta-feira, 29 de agosto de 2008


(c) Guida Machado

" (...) A fotografia é antes um brevíssimo rio de luz a contracenar
com o desejo, com o eros, com a maquinação do olhar
inquieto". Luis Carmelo

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

final de dia...



(c) Guida Machado
A fotografia, como os espaços da nossa infância, depende do nosso olhar para a construção de significados. Como resulta de uma cisão determinada, com o passar do tempo perde as amarras. Inserida em novos contextos, a fotografia transforma-se num fragmento difuso e intangível, aberto a qualquer tipo de leitura.
Amália Creus

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Nudernismo na Consolação!


(c) Guida Machado
Agora, sempre quero ouvir a minha amiga A.Z. dizer que esta não é uma praia p'ra frentex.

terça-feira, 26 de agosto de 2008



(c) Guida Machado
apanha de berbigão na lagoa de Óbidos.
"A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento....." Fernando Pessoa

segunda-feira, 25 de agosto de 2008




(c) Guida Machado

O nosso universo está repleto de imagens. O nosso pensar passa pelas imagens. O nosso sentir não as ignora. O nosso agir habituou-se a lidar com elas. Uns acham-nas necessárias, outros excessivas, outros ainda supérfluas. José Carlos Abrantes

domingo, 24 de agosto de 2008


(c) Guida Machado

«A vida é um caminho de sombras e luzes. O importante é que se saiba vitalizar as sombras e aproveitar as luzes.» Henri Bergson

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

à espera de um milagre!...só não sei qual é!



(c) Guida Machado

Para tornar a realidade suportável, todos temos de cultivar em nós certas pequenas loucuras. Marcel Proust

quinta-feira, 21 de agosto de 2008


(c) Guida Machado
"Que dias há que na alma me tem posto
Um não sei quê, que nasce não sei onde,
Vem não sei como, e dói não sei porquê."
Luís de Camões

terça-feira, 19 de agosto de 2008







(c) Guida Machado
Marés Vivas em Peniche

"Uma vida sem desafios não vale a pena ser vivida". Sócrates

segunda-feira, 18 de agosto de 2008



(c) Guida Machado

Globo de uma Candeeiro de Rua. Praia da Consolação.

"As fotografias não mentem, mas mentirosos fotografam" Lewis Hine

domingo, 17 de agosto de 2008




(c) Guida Machado
Nunca ficamos passivos diante de uma fotografia: ela incita a nossa imaginação, faz-nos pensar sobre o passado, a partir do dado de materialidade que persiste na imagem. Ana Maria Mauad

sábado, 16 de agosto de 2008





(c) Guida Machado
"São todos maus descobridores, os que pensam que não há terra quando conseguem ver apenas o mar". Francis Bacon

sexta-feira, 15 de agosto de 2008


(c) Guida Machado
A imagem fotográfica interrompe, pára, fixa, imobiliza, separa, descola a duração, captando apenas um único instante. Espacialmente, do mesmo modo, fracciona, retira, extrai, isola, capta, recorta uma porção de extensão. DUBOIS, 1992

quarta-feira, 13 de agosto de 2008



(c) Guida Machado
Lagoa de Óbidos/Foz do Arelho
" (...) a fotografia é o reconhecimento, numa fracção de segundo, da relevância de um acontecimento e, ao mesmo tempo, da organização precisa de formas que dão a esse acontecimento a sua expressão máxima." Henri Cartier Bresson

terça-feira, 12 de agosto de 2008



(c) Guida Machado

"Ver é um acto intencional e criativo, exige vontade e motivação interior. A fotografia é enfim a testemunha da qualidade do nosso ver". C. Clovis

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

domingo, 10 de agosto de 2008



(c) Guida Machado
"A vantagem de ter péssima memória é divertir-se muitas vezes com as mesmas coisas boas como se fosse a primeira vez". Friedrich Nietzsche

sábado, 9 de agosto de 2008



(c) Guida Machado
ontem,... na praia da Consolação!!
"As imagens não são conjuntos de símbolos com significados inequívocos, como o são as cifras: não são «denotativas». As imagens oferecem aos seus receptores um espaço interpretativo: são símbolos «conotativos»". Vilém Flusser

sexta-feira, 8 de agosto de 2008



(c) Guida Machado

"A visão já não é a possibilidade de ver, mas antes a impossibilidade de não ver". Gary Hill

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

movidas pela fé...





(c) Guida Machado
Salgueiro/Fundão

"Por razões que se prendem com a nossa própria capacidade de estabelecer semelhanças, a fotografia também nos arrasta para um abismo de associações, duplos e fantasmas que devoramos e sobretudo imaginamos. Nesse plasmar de nós próprios, no seio do qual a fotografia dita as suas secretas leis, a imagem continua, apesar de tudo, a resistir a explicações, a condicionamentos e acaba até por manter um grau de magia e uma aura revelatória quase insuperáveis". Luís Carmelo

quarta-feira, 6 de agosto de 2008



(c) Guida Machado _ Mosquitos em redor de uma lâmpada.

"(...) a linguagem fotográfica tem a capacidade de nos assegurar que, através da aparelhegem técnica, a imagem não apenas apresenta a possivel realidade existente, como a transcendente. Se a lente deturpa, não sendo idêntica à visão do Homem, são permitidas distorções de planos, desfoques, silhuetas e outras formas de expressão que se aproximam mais so modo como apreendemos o exterior." Maria do Carmo Serén, in Metáforas do Sentir Fotográfico

terça-feira, 5 de agosto de 2008



(c) Guida Machado _ Salgueiro/Fundão
(...) o grande mistério que envolve a fotografia, resulta dela representar como um todo, o presente, o passado e o futuro. Estabelecendo um corte no presente ela transporta e fixa no futuro o que, entretanto, já se tornou passado. (...) Fernando Braune, in. Metáforas do Sentir Fotográfico.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008


XX
XX
XXX
XX
XX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX
XXXX XX XXX XXXX XX XXX XX
XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX XXXX XX XXX X

XXXX XX XXX XXXX XX XXX X
(c) Guida Machado _ Salgueiro/Fundão_

"(...) de uma forma muito convincente a Fotografia mostra que o tempo passa ao proporcionar-nos uma experiência temporal; (...) Chega-nos como um lugar de trânsito e instala-se como um lairinto entre o que foi e o que é (...)" Maria do Carmo Serén, in. Metáforas do Sentir Fotográfico

domingo, 3 de agosto de 2008


(c) Guida Machado

"Não vemos, porém, apenas com os nossos olhos. Ver é sempre dinâmico. Cria relações e atribui significados. (...)"C. Loureiro